quarta-feira, 14 de maio de 2008

AKIMATSURI 2008

[Criançada na expectativa antes da apresentação]

Acho que estava devendo um comentário sobre a apresentação durante o Akimatsuri deste ano, mas é que tivemos alguns problemas muito chatos.

Para melhor mostrar o que aconteceu, segue na íntegra a carta que enviei à organização do evento:

[Pois é... quem leu, leu.]


[Final de uma apresentação corrida e conturbada]

3 comentários:

Cris disse...

Pois é, recebi o seu e-mail e fiquei extremamente triste com o mal entendido de tudo que se passou. Gostaria de esclarecer o que se passou, antes de ser totalmente ofendida por este senhor que nem se quer eu conheço. Primeiro, o Sr Kimoto não é uma pessoa contratada pela comissão do Akimatsuri, ele é a pessoa responsável pela Confederação Brasileira de Sumô com o qual negociei durante varios anos para se apresentarem no Akimatsuri. Minha secretaria ( responsavel pelo agendamento dos onibus do Akimatsuri ) ligou varias vezes para o Sr Kimoto para saber quantas pessoas viriam de SP para se apresentar em Mogi das Cruzes e não conseguiam falar com ele e ele não retornava as ligações. Quando enfim conseguimos falar com ele( na semana do Akimatsuri) ele ainda não tinha a quantidade de pessoas que viriam ao evento. Por que precisavamos da quantidade de pessoas? Porque tudo no akimatsuri é programado e cronometrado, então se algo sai errado, pessoas podem ser prejudicadas. Como ja no ultimo momento ele não passou a quantidade de pessoas, foi dito a ele que teria no Onibus apenas 33 vagas e ele disse vagamente que achava que dava.O Akimatsuri foi nos dias 11,12 e 13 de Abril de 2008. Na sexta de manhã. dia 11 de abril ( tudo ja agendado com a empresa de onibus  e a secretaria apos ter trabalhado tantos dias, saiu de folga no dia 11 e 12 ), Sr Kimoto liga no meu celular pedindo para que o onibus passasse na Radial Leste, ja que seria caminho para Mogi, so que ele nunca mencionou que seria na Radial Lesta em Guaianazes. Pelo que ele tinha falado seria em algum metro antes da saida para a Marginal Tietê.Foi combinado com  a equipe de Shintaido para estar na Liberdade as 11 horas ( pois a apresentação de Shintaido seria as 13 horas), pois sempre programo uma saida de 2 horas antes para mogi das Cruzes saindo de SP. Nos anos anteriores, a equipe de Sumo trazia apenas 13 pessoas para Mogi, então mandava uma van pegá-los na praça da Liberdade.Portanto, a equipe de Shintaido estava na hora certa no local certo e o Sr Kimoto nunca foi contratado da comissão do Akimatsuri e sim da Confederação Brasileira de Sumo. Com ele que eu sempre negociava a vinda do grupo de Sumo....Com o atraso, o grupo de Shintaido perdeu o horario da apresentação que seria as 13 horas, pois chegaram perto das 14 horas. 14 horas era a apresentação do Sumo e tive que atrasar a apresentação para que a equipe de Shintaido não fosse prejudicada por causa do atraso do onibus. Assim, pedi para o Sr Kimoto se apresentar em 15 minutos ao inves de 30 minutos, pois a programação ja estava extremamente atrasada e meu medo era que a ultima atração fosse prejudicada por falta de publico por estar muito tarde e isto não seria justo com eles, pois não foram eles que atrasaram.No palco, não me lembro com quem conversei, mas NUNCA insinuei que trouxessem APENAS CAMPEÕES para o evento, apenas pedi para que selecionassem para trazer menos gente, pois alem de ser perigoso no palco que era muito alto e pequeno, ficando justo para a apresentãção do sumô, ficando perigoso para queda de algumas pessoas, também pelo tempo, muitas atletas não iam conseguir se apresentar, podendo ficar frustradas por isso. Desculpe se entenderam de outra maneira, mas NUNCA iria insinuar isto. Trabalho a 5 anos voluntariamente para a cultura japonesa, não recebo nenhum dinheiro por isto e devoto meu tempo entre meu consultorio odontologico e a organização do evento. Meu maior objetivo é que tudo da cultura japonesa seja divulgado, mostrado, ensinado para os descendentes e não descendente. Gostaria que pudesse conhecer melhor meu trabalho antes de me julgar do modo cruel com que fez e divulgou na internet, me ofendendo como se eu fosse uma pessoa sem coração. Minha responsabilidade em um evento é muito grande, pois mais de 2000 mil pessoas se apresentam nestes dias e eu sou a única responsavel por elas, com algumas pessoas que voluntariamente me ajudam. De maneira alguma achei que vcs eram uma vitrine. Tenho um respeito muito grande pelos atletas de sumo e principalmente pelas crianças que estão treinando esta modalidade de esporte. Fiz questão de trazer o sumo, pois merece divulgação do genial trabalho que é desenvolvido. Com relação a alimentação, eu não estava controlando esta parte e realmente houve um grande erro com vcs, pois deveriam ter recebido o vale refeição ao invés do lanche, mas foi distribuído errado. Todos os anos, forneço refeição para o Sumô e luto por isto na decisão da comissão, mas este ano houve esta falha que so fiquei sabendo no dia que li seu e-mail. Nos desculpe por esta falha.Bom, espero poder ter o sumo mais vezes no Akimatsuri. Não sei se estarei la por mais tempo, mas com certeza, quem organizar irá entrar em contato. Este foi a minha despedida como Coordenadora de shows, depois de 5 anos de trabalho e fico triste que tenha ocorrido tantos mal entendidos e ter ferido muitas pessoas. Por favor, espero que tenham entendido o ocorrido e visto um pouco da minha situação no evento com relação a horarios. Acho que não tenho mais nada a dizer, não ia dizer nada, mas publicar uma ofensa gratuita na internet foi muita covardia, pois os fatos reais não foram averiguados como eles realmente aconteceram.

Cris disse...

Ah, sua postagem esta diferente do e-mail que recebemos. Queria comentar que no e-mail estava escrito que o sr kimoto era contratado do akimatsuri e não contatado.E tambem que o Sr Kimoto que nos ofereceu a lona, nunca mencionou que precisava alugar e tambem concordou com o tamanho do espaço que tinha 8mX8m, tamanho do palco foi especialmente aumentado para a apresentação do sumô. A segurança dos atletas é muito importante para nós. ( Tamanho do palco 12m por 10m )Se precisarem que haja o aluguel da lona, nos infomem, que pagaremos se for aceita o orçamento. grata

Willian Takahiro Higuchi - TAKA disse...

Caríssima,

De forma alguma se trata de covardia, pois este blog é o meio de comunicação com os atletas e, principalmente, pai de atletas. Você demorou todo esse tempo para responder a meu e-mail e admite que só o respondeu por que o viu copiado neste blog. Para mim isso sim é covardia.

Você acha que eu teria a cara-de-pau de deixá-los sem nenhuma explicação durante todo esse tempo? Que os deixaria imaginar que seriam agredidos sem ter alguém que os proteja?

Publiquei a carta logo que a carta ficou pronta e tive o cuidado de copiar integralmente o que escrevi, sem firulas e outras maquiagens. Assim como você colocou a resposta no blog para que todos os interessados leiam.

Eu não acho que isso é covardia. E se você acha que o é, a mim pouco importa. O que sei é que minhas crianças são pobres, passaram fome, perderam o dia em que podiam estar com suas famílias e foram desprezadas. Eles foram maltratados e, seja lá quem for o verdadeiro culpado, eu tinha notícia de que você era a responsável. Portanto é sobre você mesmo que vão cair minhas críticas.

Veja bem, vou explicar a carta, para que não restem dúvidas:

No tópico “1” e suas subdivisões “1.1.”; “1.2”; e “1.3” fiz questão de esclarecer preliminarmente os pontos sobre a prática do Sumo no Brasil que gostaria que as pessoas soubessem preliminarmente. Não foi reclamação, reivindicação, pedido ou lamento. Foi somente uma observação.

Nos tópicos “2” e “3”, falo sobre o problema no transporte dos atletas. Primeiramente assumindo a culpa de atraso no horário e em segundo, isentando nossa culpa quanto ao local combinado.

No tópico “4”, falo sobre o seu posicionamento quando aos atletas que levamos. E transcrevo aqui as palavras que utilizei: “É, segundo nosso olhar, pelo exposto, extremamente lamentável a posição da diretora Cristiane Nagao.”.

No tópico “5”, falo sobre a qualidade do lanche que nos serviram.

No tópico “6”, não faço reclamações sobre o pagamento ou sobre o espaço físico. Digo que permitimos a apresentação por prestigiar o evento. Apenas faço reclamação quanto à sua atitude, que nos causou a impressão de que o fato de estarmos apresentando seria um favor prestado pelo evento a nós e não o contrário.

Em nenhum momento invoquei insultos ou fiz menção ao seu caráter. Tratei de apenas indicar um ou outro ato que nos incomodou. Quero que você me explique onde foi que a ofendi. Não faz parte de meu hábito sair agredindo pessoas que nem conheço e não vejo nada em minhas linhas que possa ter ferido sua honra ou sua moral.

Quanto às suas explicações, muito obrigado, apesar de tardias. Ficarão aí para quem quiser ler e tirar suas próprias conclusões.

É isso.