terça-feira, 31 de julho de 2012

BRASILEIRÃO E SULAMERICANO 2012 (8) - Matéria do Site da SEME

A reportagem abaixo segue na íntegra. Foi publicada pela SEME - Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Recreação (conheça seu site CLICANDO AQUI)


Campeonatos de sumô “explicam” a modalidade no país

Modalidade é praticada majoritariamente por “não-japoneses” no país; Brasil sagrou-se campeão sul-americano na maioria das categorias.
Sumô, a modalidade. Sumotori, o nome dado ao atleta que a pratica. Dohyo, o ringue de terra em que acontecem as lutas. Todos os termos, o clima e o local estavam tomados pelo espírito da cultura nipônico. No entanto, a maioria dos atletas ocupando os espaços nas arquibancadas e na área de lutadores não possuía a característica (e esperada) fisionomia dos orientais nascidos no Japão, pátria local em que o sumô nasceu há alguns séculos atrás. “O sumô em São Paulo tem 90% de praticantes ‘ocidentais’ (não-japoneses ou não descendentes-de-japoneses)”, explica Olívio Sawasato, diretor do Conjunto Esportivo Cultural Brasil-Japão. “No entanto, 100% dos dirigentes são japoneses, uma forma de manter a tradição e os padrões”, explica.
Olívio dirige o local que recebeu mais de 300 garotos, garotas, homens e mulheres de todas as idades e de vários estados do Brasil para a disputa do 51º Campeonato Brasileiro de Sumô, organizado em parceria pela Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação de São Paulo, Federação Paulista de Sumô e Confederação Brasileira de Sumô.
Rodrigo de Azevedo Lopes, 22 anos, começou no sumô com 13, influenciado por um amigo filho de orientais (este parece ser o motivo para a maioria) e era mais um dos “não-japoneses” do local. Ele e outros nove atletas do Pará, percorrem os quase três mil quilômetros que separam Belém da capital paulistana para participar do campeonato no bairro do Bom Retiro. É lá que fica o complexo esportivo que abriga o Ginásio de Sumô, único deste tipo não localizado no Japão, terra natal da modalidade. O local passou por uma reforma completa há menos de dois anos. “Eu já participo de competições desde 2006 aqui no ginásio, mas esta última reforma melhorou bastante a estrutura, principalmente os banheiros e as arquibancadas”, avalia Rodrigo.
Além dos mais diversos “tipos” e fisionomias de brasileiros, o local também recebeu visitas internacionais. Sumotoris da Venezuela, Paraguai e Argentina também visitaram o país para a disputa do 17º Campeonato Sul-Americano de Sumô, que aconteceu no mesmo final de semana. As venezuelanas Ofelia Barrios e Yaseny Castillo assistiam às lutas dos brasileiros, aparentemente impressionadas com o que viam. Faz apenas três meses que ambas começaram a praticar sumô em Maracay, pequenino povoado na região central do país. “Nós estamos aqui também para aprender. Não temos nada parecido com isso na Venezuela e praticamos há pouco tempo. E o Brasil tem muito mais japoneses. Mesmo que eles não pratiquem, isso influencia o jeito de fazer sumô e possibilita espaços como este”, avalia Ofelia, rosto meio caboclo, meio indígena. Nenhum pouco japonesa.
Outra impressão de quem visita um evento de sumô pela primeira vez é de que vai encontrar dificuldades para entender as regras e a dinâmica. Ledo engano. O esporte tem uma regra maior e simples: aplicar o oshidashi, golpe em que o lutador empurra o oponente para fora da arena. Ainda que existam outras regras e golpes, esta é a principal percepção e normalmente uma facilidade de assimilação que acaba atraindo mais praticantes. “O sumo é um esporte muito simples de entender. Talvez por isso atraia muito mais brasileiros do que o beisebol, por exemplo, que é cheio de regras e difícil de interpretar”, explica Olívio.
“O sumô é um esporte mais praticado por tradição, então é natural que ele nasça influenciado por colônias”, explica Cláudia Moura, diretora técnica da SEEL (Secretaria Estadual de Esporte e Lazer) do Pará. “Em nosso Estado, por exemplo, existem praticantes de Santa Isabel do Pará e Tomé-Açú, cidades em que a presença japonesa é grande”, completa.
Antes de ir embora, uma passadinha rápida no Estádio de Beisebol Mie Nishi, outro espaço que compõe o Conjunto. Lá, a história é diferente. Não se encontram “ocidentais” por lá e é possível até ouvir conversas no idioma japonês. Parece que as teorias de Olívio estavam corretas.

Brasil é o melhor da América do Sul
Os brasileiros Namerson Tibúrcio, na categoria leve, Ricardo Aoyama, na categoria médio e Mário Frabetti, na categoria Absoluto sagraram-se os melhores lutadores da América do Sul na disputa do último final de semana. O Brasil só foi superado na categoria Pesado, em que o argentino Juan Castro ficou à frente dos brasileiros Sérgio Gomes e Takahiro Higuchi. Na pontuação geral, o Brasil ficou com 46 pontos, muito à frente da Argentina, segunda colocada com 13 pontos. A Venezuela atingiu 5 e o Paraguai 4 pontos, respectivamente.
Na disputa feminina, o Brasil foi campeão graças ao acumulo de pontos individuais. Foram 31 contra 26 da vice-campeão Venezuela. Nas disputas diretas, por entanto, a vantagem ficou com os nossos vizinhos de Caracas. Ofelia Barros, categoria médio, Maria Cedeño, nas categorias pesado e absoluto, venceram suas lutas e são as melhores da América do Sul. O Brasil só se deu bem na categoria leve, com a vitória de Luciana Watanabe.
Texto: Eder Brito - esbrito@prefeitura.sp.gov.br
Foto: Paulo Dias - psdias@prefeitura.sp.gov.br

segunda-feira, 30 de julho de 2012

BRASILEIRÃO E SULAMERICANO 2012 (7) - Reportagem do Jornal Nikkei Shinbum (2)

Segue a reportagem publicada no Jornal Nikkei Shimbum sobre o Brasileirão e Sulamericano! CLIQUE AQUI para conhecer o site do jornal nipo-brasileiro. 

SUMÔ: Sudoeste conquista título pelo 8º ano consecutivo; Brasileiro define representantes para o Mundial de Hong Kong

A Confederação Brasileira de Sumô realizou nos dias 21 e 22, no Ginásio de Sumô do Conjunto Esportivo e Cultural Brasil-Japão (antigo Estádio Municipal de Beisebol Mie Nishi), no Bom Retiro, em São Paulo, o 51º Campeonato Brasileiro Masculino, 15º Campeonato Brasileiro Feminino, 17º Campeonato Sul-Americano Feminino e 5º Campeonato Sul-Americano Feminino.


Equipe Sudoeste conquistou os titulos no masculino e no feminino (foto: Aldo Shiguti)

No Sul-Americano, o destaque ficou por conta da participação inédita de uma delegação da Venezuela. Na disputa por equipes, a Venezuela ficou em segundo no feminino e em terceiro no masculino.
Entre as mulheres, as venezuelanas subiram no pódio em todas as categorias, sendo que em três pesos – médio, com Ofélia Barrios, e pesado, com Maria Cedeño – foram no lugar mais alto.
A “estrela” da equipe foi Maria Ceñedo, que conquistou os títulos nas categorias Pesado e Absoluto enquanto no masculino, seu compatriota, Juan Castro, ficou com a medalha de ouro na categoria Pesado – o venezuelano não competiu na Absoluto por motivo de contusão.
Na final da categoria Pesado, Maria Cedeño, de 1,75 m e 175 quilos, a paranaense Janaína Silva, de 150 quilos, fizeram um dos confrontos mais aguardados pelo público. No final, a venezuelana levou a melhor e ficou com o título. Na Absoluto, foi a vez da leve Luciana Watanabe medir forças contra Cedeño, e mais uma vez a vitória ficou com a Venezuelana.


Issao Kagohara, Victor Kobayashi e Morio Tsuchiya (foto: Aldo Shiguti)

À reportagem do Jornal Nippak, Maria Cedeño, de 23 anos,não escondeu sua alegria e disse estar muito emocionada. Praticante de sumô há apenas três meses – é adepta também do sambo (luta russa que utiliza técnicas do judô, jiu-jistsu e luta livre olímpica) – Cedeño afirmou que seu desempenho em território brasileiro a credencia a continuar seguindo em frente.
Janaína, que este ano não teve a companhia da irmã, Jaqueline – não participou por motivos particulares – explicou que fez uma boa luta, “mas faltou um pouco mais de força”. “Era o dia dela”, admitiu ela, que faturou o primeiro lugar nas categorias pesado e absoluto do 5º Campeonato Sul-Americano Feminino.
Quem teve motivos para comemorar foi o brasileiro Mario Frabetti. Segundo colocado no Campeonato Brasileiro, na categoria Absoluto – perdeu para seu companheiro de equipe, Alan Galvão – Frabetti deu a volta por cima conquistou o título do Absoluto do Sul-Americano.
“Estava triste comigo mesmo porque não lutei bem nos últimos Campeonatos Brasileiros. Desta vez fico feliz porque, mesmo perdendo o Brasileiro, tenho consciência que lutei bem e perdi para um grande adversário”, disse Frabetti que garantiu não estar chateado por ficar ausente do Mundial. “Queria lutar bem. Ir ou não é conseqüência”, explicou o atleta.


Competição foi um marco para o sumô brasileiro (foto: Aldo Shiguti)

Brasileiro – No Campeonato Brasileiro, a equipe da Sudoeste foi soberana tanto no masculino como no feminino. No masculino, a Sudoeste conquistou a primeira colocação ao somar 63 pontos. No feminino, a equipe sagrou-se campeã com 39 pontos. No domingo, o ponto alto da competição foi a realização da seletiva para os Campeonatos Mundiais Júnior e Adulto, que acontecem em outubro, em Hong Kong, na China.


Premiação do Torneio Por Equipes Adulto Feminino (foto: Aldo Shiguti)

Para o Mundial Júnior, carimbaram os passaportes os atletas Thamires Aparecida Gonzáles dos Santos (leve), da Nova Central; Dorotéia da Costa (médio), da Sudoeste; Luana Dellamura (pesado), do Paraná; Thuanny K. Cabral Damas (absoluto), Nova Central; Luiz Eduardo M. Pinho Júnior (leve), Pará; Matheus Gabriel C. dos Santos (médio), Norte; Lucas Aburaya (pesado), São Paulo; e Rui Aparecido de Sá Júnior (Absoluto).
Na categoria adulto, foram selecionados: Luciana Watanabe (leve), Nova Central; Fernanda Rojas Pelegrini (médio), Sudoeste; Talita Castro (pesado), Paraná; Janaína Silva (absoluto), Paraná; Genílton Tibúrcio da Silva (leve), Sudoeste); Ricardo Aoyama (médio), Nova Central; William Takahiro Higuchi (pesado), São Paulo; e Alan Galvão (absoluto), Sudoeste.
Tanto para os veteranos quanto para os novatos, a ansiedade de representar o Brasil no Campeonato Mundial é a mesma. Luiz Eduardo Motta Pinho Júnior, que fará sua estréia em uma competição internacional, disse que a expectativa “é buscar o primeiro lugar”.
Mais experiente, Fernada Rojas se prepara para seu segundo Mundial. Apesar de considerar a seletiva deste ano “mais tranqüila”, Fernanda explicou que “todo cuidado é pouco quando está em jogo uma vaga para o Mundial”. “Este ano estava mais focada, me dediquei mais e pude me preparar melhor”,afirmou a atleta, que conquistou o tricampeonato Brasileiro na categoria médio.


Dona Tieko Shimomoto e Hatiro Shimomoto (foto: Aldo Shiguti)

Sobre o Mundial, Fernanda conta que o objetivo é intensificar o treinamento. Segundo ela, as principais adversárias devem ser as de sempre, ou seja, as do leste europeu, “sem desmerecer as asiáticas”. “Sei que não será fácil por isso tenho que estar preparada”, afirmou.
Com cinco Mundiais e um World Games na bagagem, Takahiro Higuchi é um dos atletas mais experientes do país. “No Mundial só vou pegar pauleira. Lá, os caras são muito fortes mesmo. O negócio é ir, rezar um pai nosso e ver no que vai dar”, brincou o atleta, que lamentou a ausência do juvenil Bruno Cavalcanti, do ABC, na lista para o Mundial. “Fiquei chateado por ele porque o Bruno é um dos atletas mais dedicados que conheço”, disse.
(Aldo Shiguti)

domingo, 29 de julho de 2012

LUCÃO NA TV FOLHA!!!

Orgulho da equipe de São Paulo e atleta da Seleção Brasileira de Sumo que representará o país no Campeonato Mundial Junior em outubro, na cidade chinesa de Hong Kong, Lucas Aburaya é o apresentador deste belíssimo vídeo produzido e transmitido na TV Folha na TV Cultura (Conheça a TV Folha e a TV Cultura clicando AQUI e AQUI respectivamente!!!)

 

Boa Lucão!!!

BRASILEIRÃO E SULAMERICANO 2012 (6): Resultados do 5º Campeonato Sulamericano Feminino

Resultados do 5º Campeonato Sul-Americano Feminino!


Individual 
Leve: 1º Luciana Watanabe (BRA), 2º Milaydi Chrinos (VEN), 3º Martina Cabot (ARG), 3º Moira Santilan (ARG);

Médio: 1º Ofélia Barrios (VEN), 2º Naiara Hernandes (ARG), 3º Fernanda Rojas (BRA), 3º Yasseny Castilho (VEN); 


Pesado: 1º Maria Cedeño (VEN), 2º Janaina Silva (BRA), 3º Talita Martins (BRA), 3º Natanny Brisola (BRA);


Absoluto: 1º Maria Cedeño (VEN), 2º Luciana Watanabe (BRA), 3º Fernanda Rojas (BRA), 3) Janaina Silva (BRA)


Por Equipes: 1º Brasil, 2º Venezuela, 3º Argentina 


Contagem geral de pontos: 1º Brasil (31 pontos), 2º Venezuela (20), 3º Argentina (13)

sexta-feira, 27 de julho de 2012

BRASILEIRÃO E SULAMERICANO 2012 (4) - Resultados do 15º Campeonato Brasileiro Feminino

Resultados do 15º Campeonato Brasileiro Feminino! Faltaram algumas fotos... Se tiverem alguma para complementar o post, mande para mim por e-mail!


Individual 


Mirim: 1º Camila Fukushima (Sudoeste), 2º Anne Pires (Sudoeste), 3º Juliana Furtado (Sudoeste), 3º Thainá Rocha (Nova Central);


Infantil: 1º Jaqueline Rodrigues (Sudoeste), 2º Larissa Maciel (Sudoeste), 3º Naomy Elizabeth (Paraná), 3º Renata Gomes (Paraná); 



Juvenil: 1º Thuanny Cabral (Nova Central), 2º Dorotéia Costa (Sudoeste), 3º Thais Hilário (Sudoeste); 


Adulto Leve: 1º Luciana Watanabe (Nova Central), 2º Joyce Bezerra (Nova Central), 3º Jéssica Rocha (Norte), 3º Daiana Suzi (Sudoeste);


Adulto Médio: 1º Fernanda Rojas (Sudoeste), 2º Aparecida Lima (Nova Central), 3º Josefa Cavalcante (Nova Central), 3º Bárbara Basílio (Paraná); 


Adulto Pesado: 1º Janaina Silva (Paraná), 2º Talita Martins (Paraná), 3º Natany Brisola (Sudoeste), 3º Ana Carolina Santos (São Paulo); 


Adulto Absoluto: 1º Janaína Silva (Paraná), 2º Fernanda Rojas (Sudoeste), 3º Luciana Watanabe (Nova Central), 3º Joyce Bezerra (Nova Central) 


Por Equipes
1º Nova Central, 2º Paraná, 3º Paraná “B”, 3º Sudoeste


Contagem geral
1º Sudoeste (39 pontos); 2º Nova Central (34); 3º Paraná (25); 4º Norte (2)

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Resultados do 17º Campeonato Sul-Americano!

Resultados do 17º Campeonato Sul-Americano! 

Masculino Individual 
Leve: 1º Namerson Tibúrcio (BRA), 2º Cristiano Mori (BRA), 3º Gabriel Wakita (ARG), 3º Genilton Tibúrcio (BRA)


Médio: 1º Plínio Moura (BRA), 2º Rodrigo Larregle (ARG), 3º David Moraes (BRA), 3º Cássio Gomes (BRA)



Pesado: 1º Juan Castro (VEM), 2º Sergio Gomes (BRA), 3º Rodrigo Lopes (BRA), 3º Sebastian Paunero (ARG)


Absoluto: 1º Mario Frabetti (BRA), 2º Ricardo Aoyama (BRA), 3º Midiel Formento (BRA), 3º Takahiro Higuchi (BRA)


Por Equipes Adulto: 1) Brasil, 2) Argentina, 3) Paraguai


Contagem geral de pontos: 1º Brasil (46), 2º Argentina (13), 3º Venezuela (5), 4º Paraguai (4)

Resultados do 51º Campeonato Brasileiro de Sumo!

Resultados do 51º Campeonato Brasileiro de Sumo!


Masculino Individual 
Mirim: 1) Yuuki Sato (Rio Grande do Sul), 2) Fernando Borri (Sudoeste), 3) Matheus Moura (Sudoeste), 3) Isamo Sato (Rio Grande do Sul); 


Infantil: 1) Matheus da Cruz (Norte), 2) Vitor Camargo (Norte), 3) Rodrigo Nakamura (Grande ABC), 3) Edwin Taves (Sudoeste); 


Juvenil: 1º Rui de Sá Júnior, 2º Alisson Salles (Norte), 3º Jhony C. Pólo (Paraná), 3º Bruno Cavalcanti (Grande ABC); 


Adulto Leve: 1º Genílton Tibúrcio (Sudoeste), 2º Namerson Tibúrcio (Sudoeste), 3º Anderson Santos (Sudoeste), 3º Cristiano Mori (Sudoeste); 


Adulto Médio: 1º Ricardo Aoyama (Nova Central), 2º Cássio Gomes (Paraná), 3º Yoshihiro Higuchi (São Paulo), 3º Plínio Moura (Pará); 


Adulto Pesado: 1º Takahiro Higuchi (São Paulo), 2º Sergio Gomes (Norte), 3º Rodrigo Lopes (Pará), 3º Ricardo K. (Nova Central); 


Adulto Absoluto: 1º (Alan Galvão), 2º Mario Frabetti (Sudoeste), 3º Midiel Formento (Pará), 3º Ricardo Aoyama (Nova Central) 


Por Equipes: 
Mirim: 1º Sudoeste, 2º Rio Grande do Sul, 3º Nova Central, 3º Norte; 

Infantil: 1º Sudoeste, 2º Nova Central, 3º Rio Grande do Sul; 

Juvenil: 1º Paraná, 2º Sudoeste, 3º Grande ABC, 3º Norte; 

Adulto: 1º Sudoeste, 2º Paraná, 3º Rio Grande do Sul, 3º Sudoeste “B”

Contagem geral: 
1º Sudoeste (63 pontos), 2º Paraná (28), 3º Norte (22), 4º Nova Central (19)

quarta-feira, 25 de julho de 2012

BRASILEIRÃO E SULAMERICANO 2012 (2) - Treinos com os novos colegas venezuelanos!

O Sulamericano 2012 começou um pouco mais cedo para mim e Yoshi. Nos dias 18 e 19 de julho treinamos os atletas da seleção venezuelana no Ginásio de Sumo do Bom Retiro.

Foram duas manhãs agradáveis e contamos com a ajuda também de Everton Murakami e Ana Carolina da equipe de São Paulo!

Eles treinavam Sumo a apenas 2 meses, mas estavam fisicamente bem condicionados (são lutadores de Sambo e Judo). E deu para sentir a força deles!

Seguem algumas fotos:









Depois dos ótimos resultados que conquistaram no Sulamericano, fiquei sabendo que já estariam carimbando os passaportes para participar do Mundial 2012, em outubro próximo, na cidade chinesa Hong Hong. 

Desses atletas. creio que Maria Cedeño será uma surpresa interessante... Ouso até a apostar meus trocados de que ela será uma das finalistas... Apesar da pouca experiência no Sumo, possui bastante força e mobilidade. Vai dar bastante trabalho!

Para conhecer um pouquinho mais do Brasil, levei-os para conhecer o Estádio do Pacaembu e o Museu do Futebol. 







BRASILEIRÃO E SULAMERICANO 2012 (1) - Matéria no Globo Esporte

O Complexo Esportivo Brasil-Japão, onde fica o ginásio de Sumo do Bom Retiro, em São Paulo, recebeu os campeonatos brasileiro de Sumo masculino e feminino; o Sulamericano e o Torneio da Amizade Internacional.

Tenho um montão de fotos, resultados e notícias para postar, pois foi um final de semana bastante intenso!

Começo por esta matéria veiculada ontem no Globo Esporte:



Meus comentários sobre a matéria:

1 - Foi ótima para a divulgação do esporte! Não é sempre que temos espaço em veículos esportivos num país dominado pelo monopólio do futebol.

2 - Apesar do tom de piada característico do apresentador Tiago Leifert, não foi desrespeitoso. 

3 - Leandro Monma e Mari Fukumori descansando no intervalo do campeonato foi o mote inicial da matéria. É preciso colocar os pingos nos "is": eles são duas das pessoas que mais trabalham durante os campeonatos, tanto regionais quanto estaduais e o Brasileirão! Vejo Leandro (técnico da equipe de Santo Amaro) se desdobrando para orientar atletas e ainda arbitrar; e Mari ajudando na mesa organizadora. Nada mais justo que se cansem. 

NAGOYA BASHO 2012 - SENSHURAKU

Último dia do Basho de Nagoya! Peço desculpas pela demora na postagem, mas é que coincidiu com o Campeonato Brasileiro de Sumo! Aliás, terei muito assunto nos próximos dias sobre o Sumo no Brasil!

Harumafuji torna-se campeão invicto! Depois da vitória vergonhosa do dia anterior, Hakuho estava longe de merecer vencer!

Nosso Kaisei conquista sua 11º vitória, contra o tcheco Takanoyama, e conquista seu segundo Kantosho (prêmio pelo espírito guerreiro). Uma campanha extraordinária!




Resultados do Nagoya Basho:

Makuuchi 
Yusho: Harumafuji (3ª vez)
Kantosho: Kaisei (2ª vez) e Masunoyama (1ª vez)
Shukunsho: Não houve lutador premiado.
Ginosho: Myogiryu (3ª vez)

Jyuryo
Yusho: Chiyonokuni

Makushita
Yusho: Yamaguchi

Sandanme
Yusho: Watanabe

Jonidan
Yusho: Tochidaiho

Jonokuchi
Yusho: Iwasaki


sábado, 21 de julho de 2012

NAGOYA BASHO 2012 - 14º DIA

Penúltimo do Nagoya Basho!
Dia de lutas incríveis!
Kaisei conquista a 10º vitória!
Harumafuji e Hakuho decidem o campeonato amanhã!
O Yokozuna faz uma luta ridícula, depois de postura mais ridícula ainda! Que vergonha!!! Me faz lembrar do mala Asashoryu!


sexta-feira, 20 de julho de 2012

NAGOYA BASHO 2012 - 13ºDIA!

Reta final do Basho de Nagoya! Faltam apenas 2 dias!
Hakuho vence Baruto numa luta longa, de grande demonstração de força!
Harumafuji vence Kaisei com um tachiai rápido e forte, sem dar chance alguma!

Mas é um grande orgulho ver nosso Ricardo galgando o Banzuke! Já está lutando com Ozeki !





quinta-feira, 19 de julho de 2012

NAGOYA BASHO 2012 - 12º DIA!

12º dia!!! Lutas um pouco mais animadas.
Ricardo perde de Gagamaru e está com um monte de esparadrapo nas costas... Espero que ele esteja bem...
Hakuho e Harumafuji continuam invictos com lutando impressionantemente bem!




NAGOYA BASHO 2012 - 11º DIA!

11º DIA!
Desculpem o atraso, mas é que fui treinar com os atletas Venezuelanos pela manhã e acabei esquecendo de postar o vídeo!
Lutas muito ruins mesmo... E Kaisei perdeu. Por pouco, mas perdeu... Mas ainda corre atrás dos líderes Hakuho e Harumafuji!

 

quarta-feira, 18 de julho de 2012

SUMOTORIS LENDÁRIOS (2): ISHINRIKI KOJI

Ishinriki estreou no Ozumo em março de 1976. Onze anos mais tarde, foi vice-campeão do Makushita, com apenas 1m76cm e 85 kg! Ficou no Jyuuryo de maio de 1987 até julho de 1990, conquistando dois vice-campeonatos, apesar do pouco tamanho!

Depois da aposentadoria, ingressou no Pro-Wrestling japonês, fazendo muito sucesso também!

Nas artes marciais dizemos que o lutador se sustenta num tripé: Shin (coração, espírito guerreiro) - Gui (Técnica) - Tai (corpo, força física). Se não em algum ponto desse tripé temos deficiência, podemos melhorar os outros dois para equilibrar a balança e vencer!

Ishinriki compensava sua falta de tamanho e, consequentemente, força física, com muita habilidade, velocidade e espírito guerreiro. Em suas lutas era possível sentir sua garra e determinação ao enfrentar lutadores muito maiores.

Sua luta, bastante rápida, baixa e habilidosa fazia a platéia aplaudir de pé! Sem dúvida um lutador lendário e que mostrou que tamanho não é tudo quando se tem talento, habilidade e força de vontade!

No vídeo abaixo, algumas das vitórias mais emblemáticas:


Neste vídeo, mostra Ishinriki enfrentando três lutadores que mais tarde virariam grandes Yokozuna! Ele vence de Akebono, perde de Takanohana (acabou puxando o cabelo e foi desclassificado) e derrota Wakahanada:


Mais algumas lutas. Entre elas, contra o gigante Mitoizumi. De bônus, no final tem uma luta entre Kotonishiki e Kyokudozan

terça-feira, 17 de julho de 2012

NAGOYA BASHO 2012 - 10º DIA

10º Dia do Basho de Nagoya!
O "pega pra capá" entre os Ozeki e o Yokozuna começou! Ótimas lutas!
Kaisei conquista nova vitória e continua na briga pelo título! Amanhã ele pega o Sekiwake Goeido!
Takanoyama faz luta incrível!




PROGRAMAÇÃO DO BRASILEIRÃO E SULAMERICANO!

PROGRAMAÇÃO DO 51º CAMPEONATO BRASILEIRO DE SUMO e 15º CAMPEONATO BRASILEIRO DE SUMO FEMININO

SÁBADO – 21 de julho de 2012

Início: 8 horas

CERIMÔNIA DE ABERTURA
            Entrada de Juízes e Lutadores
            1 minuto de silêncio
            Hino Nacional Brasileiro
            Discurso de Abertura: Presidente da Comissão Organizadora – Issao Kagohara
            Orientação de Arbitragem: Diretor Téc. CBS
            Juramento dos Atletas

MASCULINO POR EQUIPES – Até final.
           Mirim (nascidos até 1997)
           Infantil (nascidos de 1998 a 1996)

FEMININO POR EQUIPES – Até final
            Equipe – atleta a partir de 1996 c/ 3 atleta 1 res.

 MASCULINO POR EQUIPE – Até final
            Juvenil (nascidos em 1994 e 1995)
            Adulto (nascidos antes de 1993)

FEMININO INDIVIDUAL – Até quartas de final
            Mirim (nascidas até 1999)
            Infantil (nascidas de 1998 a 1996)
            Juvenil (nascidas em 1995 e 1994)
            Adulto Peso Leve (até 65 kg)
            Adulto Peso Médio ( + de 65 kg a 80 kg)
            Adulto Peso Pesado (+ de 80 kg)
            Adulto Absoluto (sem limitação de peso)

MASCULINO INDIVIDUAL – Até quartas de final


            Mirim (nascidos até 1999)
            Infantil (nascidos de 1998 a 1996)
            Juvenil (nascidos em 1995 e 1994)
            Adulto Absoluto (sem limitação de peso)
            Adulto Peso Leve (até 85 kg)
            Adulto Peso Médio (+ de 85 kg até 115 kg)
            Adulto Peso Pesado (+ de 115 kg)

DOMINGO – 22 de julho de 2012

Início: 8 horas


FEMININO INDIVIDUAL – FINAIS


            Mirim (nascidas até 1999)
            Infantil (nascidas de 1998 a 1996)
            Juvenil (nascidas em 1995 e 1994)
            Adulto Peso Leve (até 65 kg)
            Adulto Peso Médio ( + de 65 kg a 80 kg)
            Adulto Peso Pesado (+ de 80 kg)
            Adulto Absoluto (sem limitação de peso)

 MASCULINO INDIVIDUAL – FINAIS


            Mirim (nascidos até 1999)
            Infantil (nascidos de 1998 a 1996)
            Juvenil (nascidos em 1995 e 1994)
            Adulto Absoluto (sem limitação de peso)
            Adulto Peso Leve (até 85 kg)
            Adulto Peso Médio (+ de 85 kg até 115 kg)
            Adulto Peso Pesado (+ de 115 kg


SELETIVA PARA MUNDIAL JUVENIL


            Feminino peso leve (até 60 kg)
            Feminino peso médio (+ de 60 kg até 75 kg)
            Feminino peso pesado (+ de 75 kg)
            Masculino peso leve (até 80 kg)
            Masculino peso médio (+ de 80 kg até 100 kg)
            Masculino peso pesado (+ de 100 kg)        

17º CAMPEONATO SULAMERICANO
 DOMINGO – 22 de julho de 2012
Início: Depois das finais do Campeonato Brasileiro

 CERIMONIA DE ABERTURA
            Entrada de Juízes e Lutadores
            1 minuto de silêncio
            Hino Nacional Brasileiro
            Hinos de países convidados.
            Discurso de Abertura
            Presidente da Comissão Organizadora – Issao Kagohara

FEMININO POR EQUIPES

FEMININO INDIVIDUAL
            Adulto Peso Leve (até 65 kg)
            Adulto Peso Médio ( + de 65 kg a 80 kg)
            Adulto Peso Pesado (+ de 80 kg)
            Adulto Absoluto (sem limitação de peso)

MASCULINO POR EQUIPES

MASCULINO INDIVIDUAL
            Adulto Peso Leve (até 85 kg)
            Adulto Peso Médio (+ de 85 kg até 115 kg)
            Adulto Peso Pesado (+ de 115 kg.
            Adulto Absoluto (sem limitação de peso)

TORNEIO INTERNACIONAL DA AMIZADE

 DOMINGO – 22 de julho de 2012
Início: Depois do Campeonato Sulamericano





PREMIAÇÃO DO 51º CAMPEONATO BRASILEIRO DE SUMO

PREMIAÇÃO DO 15º CAMPEONATO BRASILEIRO DE SUMO FEMININO

PREMIAÇÃO DO 17º CAMPEONATO SULAMERICANO

HOMENAGENS

CERIMÔNIA DE ENCERRAMENTO


----------------------------------------


Orientações específicas aos atletas:


1 - Atenção! Não estão marcados horários porque a programação pode sofrer alterações conforme as necessidades da mesa organizadora. É preciso ficar atento o dia todo.


2 - Horários das pesagens:
1º Pesagem: Sexta, 20/07, 19 horas
2º Pesagem: Sábado, 21/07, 8 às 11 horas


3 - Ainda faltam ser inseridos no programa a seletiva do mundial juvenil e o torneio da amizade internacional (ainda não definido se terá ou não)

segunda-feira, 16 de julho de 2012

domingo, 15 de julho de 2012

sábado, 14 de julho de 2012

NAGOYA BASHO 2012 - 7º DIA!

Lutas do 7º Dia!
Ótimas lutas! Ricardo está pertinho do kachikoshi e é um dos líderes do campeonato, com apenas uma derrota!




sexta-feira, 13 de julho de 2012

quarta-feira, 11 de julho de 2012

domingo, 8 de julho de 2012

NAGOYA BASHO 2012 - PRIMEIRO DIA

Segue o vídeo das lutas do 1º dia do Nagoya basho!
Com agradecimento ao Sr. Kintamauyama que publica diariamente os vídeos no Youtube!

Ricardo vence bem a primeira luta! Go, Kaisei, Go!


quarta-feira, 4 de julho de 2012

Campeonato Regional Santo Amaro!

Ultimo Campeonato Regional antes do Brasileirão! Todo mundo bastante animado em um dia com bastante sol em Parelheiros, zona sul de São Paulo.

Como de costume, seguem algumas imagens do campeonato!

Luciana e seus mais novos atletas! Primeira vez que lutaram e ficaram entusiasmados! Espero que voltem sempre!


Gosto quando uma criança chora. É com a raiva que o lutador cresce. Aquele que perde e fica como um bobo sorrindo se acostuma a perder. É preciso canalizar a raiva e ter gana para dar a volta por cima! GAMBARE, Artur e Leonardo! Pois o futuro brilha para vocês!!!





Aqui os laranjinhas dominaram! Matheus está de preto mas também é da Norte!

A pequenininha foi campeã! Foi a grande surpresa do campeonato! É só não desistir até o final! Yasmim, não fique triste, pois perder de isamiashi já aconteceu com todo mundo um dia. Você luta muito bem!





Tivemos uma bela exibição de dois veteraníssimos lutadores!

Turma do Centro de Convivência de Suzano!